A digressão 2014 em Livro

Apresentação dia 7 de Dezembro de 2014 "A VIAGEM DO ELEFANTE POR VISEU DÃO LAFÕES, Um relato que cruza 14 localidades com a digressão do espectáculo do Trigo Limpo teatro ACERT"

Entre Maio e Setembro de 2014, a ACERT levou A Viagem do Elefante num périplo por terras de Viseu Dão Lafões. O desafio de levar às praças e largos da região o espectáculo criado a partir da obra homónima de José Saramago, lançado pela ACERT à Comunidade Intermunicipal de Viseu Dão Lafões, voltou a colocar na estrada uma equipa de mais de vinte pessoas. Aos actores, técnicos e músicos juntaram-se mais de setecentos participantes das diversas localidades e, ao fim de quatro meses, o elefante Salomão ganhou direito de cidadania em toda a região, unindo-lhe os pontos e alterando-lhe indelevelmente a paisagem humana.

Este relato escrito/visual da digressão de 2014 do espectáculo do Trigo Limpo teatro ACERT, A Viagem do Elefante, por Viseu Dão Lafões, não pretende ser um mero relato das apresentações que aconteceram em14 localidades. Pretende, isso sim, ser um apelo à visita a um território de uma riqueza incrível, pela geografia, pelo património, pela gastronomia e pelas pessoas que o habitam. A circulação deste espectáculo foi também uma oportunidade para o Trigo Limpo teatro ACERT desenvolver o conceito de comunidade no território a partir de um objecto artístico, confirmando as suas imensas potencialidades em termos de desenvolvimento e de reforço da identidade comunitária.

Neste livro, textos e imagens são gestos complementares de um mesmo olhar. Entre a grandeza de um elefante e a agitação que acompanhou a preparação de cada espectáculo, os autores criaram uma foto-narrativa emotiva que traduz as vivências e partilhas que foram nascendo durante os quatro meses da digressão. Um livro onde, tal como num palco, os intérpretes emergem das palavras e gestos duma contracena permanente com a vida em cenários oníricos que são o seu chão.  

Autoria e Produção: ACERT - Associação Cultural e Recreativa De Tondela
Fotografias: Carlos Teles e Ricardo Chaves
Textos: Ricardo Viel e Sara Figueiredo Costa
Design e ilustração: Zétavares
Coordenação de Edição: Miguel Torres
Edição: Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões

>