CATRE

Esculturas de Nico Nubiola

Quarta-feira, 6 dezembro de 2017 às 21:00 na Galeria ACERT
Até 9 dezembro de 2017

Mural escultórico portátil de medidas variáveis


Catre é uma imensa cama escultórica e fragmentada, um grande mural de lençóis e corpos, uma cama-mundo poética e contaminada, uma metáfora do mar que nos toca viver, onde os panos-ondas sustentam o desconcerto da nossa própria existência; o trapo com que lavamos a nossa auto-destruição; finalmente, coincidimos com o nosso próprio lixo no mesmo catre onde pretendemos descansar; impossível fugir desta dura realidade; o resultado da nossa tentativa não consegue melhorar a nossa vida; a pele ferida no edredão; a nossa (ir)responsabilidade acusa-nos; o nosso destino, está escrito?


Algumas reflexões sobre o meu trabalho
A liguagem do corpo contém uma espécie de mistério, um segredo denso e quase inesgotável que não tem nada que ver com a anatomia. O relevo interessa-me especialmente, porque se alimenta da perspetiva, que é um atributo do desenho que não existe na escultura e que traz um elemento de distorsão que me parece muito rico e expressivo. Suponho que o ritmo que me é imposto pelo talhar da madeira coincide de um modo muito exato com o meu ritmo mental, e por isso acabou por ser o meu meio habitual.
A policromia com lápis de cor traz uma certa vibração muito natural. É uma técnica muito económica, que descobri por acaso, e que tem uma lógica esmagadora.

Entrada gratuita

 

Inauguração: 6 de dezembro de 2017 às 21:00