ACERT INDEX Novo Ciclo Programacao Novo Ciclo Teatro Trigo Limpo Basquetebol Escalada Outros Projectos Formacao
novociclo
voltar a página anterior  voltar à página anterior
Acert


Entidade Cultural
A ACERT assume-se como entidade cultural que dirige a sua actividade na vertente:

. local e regional
. nacional
. internacional



Local e regional

Fixação do público local em torno da programação e de fixação da população jovem. Salienta-se o facto de ser observável que a dinâmica cultural promovida pela ACERT pode considerar-se valorativa de uma identidade regional mais forte, com reflexos sociais e demográficos objectivos:

. implementação de hábitos de fruição do espectáculo, através do contacto regular que os alunos dos estabelecimentos de ensino têm com as artes: uma parte considerável da população escolar assiste, anualmente, a um número significativo de espectáculos, transformando-se num importante agente de sensibilização didáctica junto do seu núcleo familiar e comunitário mais restrito. É ainda um factor de elevada importância a identificação que estabelecem com a projecção nacional da ACERT, despertando um sentido de auto-estima e de identidade suportado por valores culturais.

. as empresas locais e instituições regionais passaram a ter a promoção cultural como um elemento também preponderante de parceria no desenvolvimento regional, pelo facto de Tondela ser também já identificável nacional e internacionalmente pela dinâmica artística da ACERT.

. o crescente evoluir dos índices de público a frequentar os espectáculos e a implementação de programas formativos dirigidos a vários sectores: educadores, pais, animadores culturais, grupos de amadores e sectores profissionais específicos.

. a relevância de existirem em Tondela dois estabelecimentos de ensino com áreas de ensino artístico implicando o desenvolvimento de planos de actuação específicos na ACERT para estágios e formação contínua, em protocolos de colaboração com as Escolas.

. a articulação com inúmeras associações culturais distritais na descentralização de programação, serviços, meios e formação.

. a cooperação com outros estabelecimentos de ensino artístico e de ensino superior regionais e nacionais, para facultar estágios e módulos de formação, em exercício, específicos (Chapitô, Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo, Escola Profissional de Torredeita, Escola Superior de Educação de Viseu, Escola Viriato, Universidade de Aveiro, etc).

. a resposta a instituições ligadas ao desenvolvimento local e comunitário, na criação de projectos específicos de animação cultural em torno de campanhas, produtos e sensibilização social.

» voltar ao topo




Nacional
"itinerância e captação de públicos"

A implantação da ACERT, em termos nacionais, é resultante de dois factores endógenos que caracterizam a sua filosofia de intervenção cultural e artística:

1º - As características de identidade do NOVO CICLO ACERT, enquanto espaço de residência, produção e apresentação: . Promove uma programação de qualidade das produções nacionais que, nas várias áreas artísticas, já têm o espaço como referência, em termos de eficácia de produção, de qualidade no acolhimento e de captação de audiências.

. Cria acontecimentos artísticos de nível internacional, susceptíveis de atrair públicos nacionais que favoreçam a visibilidade pública do projecto (Festivais, estreias, co-produções).

. Implementa dinâmicas de produção de acontecimentos próprios que, pela sua identidade e inovação, salientem a singularidade da função do espaço, em termos de produção.

. Projecta a experiência de filosofia de actuação no universo nacional, de forma a permitir que outras localidades do interior optem pela criação de projectos que, com identidade específica, se enquadrem num quadro de cooperação cultural inter-regional.

. Impulsiona o crescimento do quadro de sinergias entre criadores (Trigo Limpo teatro ACERT) e equipas de programação, técnicas e de gestão, no sentido de prolongar os efeitos de um trabalho integrado, propulsor de novas experiências no universo de uma actuação cultural endógena.

. Valoriza um histórico de relações que têm a Câmara de Tondela num panorama de parceria exemplarmente representativo da dicotomia: serviço público prestado pelos criadores e um projecto cultural não governamental | respeita pela independência da actividade dos criadores e promotores do projecto.

. Aumenta a actuação junto de estabelecimentos de ensino que possibilitem o prosseguimento de uma acção vectorial: formação | fruição | dinâmica própria, criando formas de intervenção equilibrados que articulem a aproximação do ensino artístico nas escolas com uma dinamização consentânea junto dos graus de ensino onde a oferta cultural é diminuta.

. Capitaliza a implantação cultural que a coloca entre as organizações culturais mais dinâmicas do Centro do Pais, com reconhecimento junto de criadores e instituições privadas e oficiais nacionais.

. Gera pólos de ree hábitos de fruição do espectáculo, através do contacto regular que os alunos dos estabelecimentos de ensino têm com as artes: uma parte considerável da população escolar assiste, anualmente, a um número significativo de espectáculos, transformando-se num importante agente de sensibilização didáctica junto do seu núcleo familiar e comunitário mais restrito. É ainda um factor de elevada importância a identificação que estabelecem com a projecção nacional da ACERT, despertando um sentido de auto-estima e de identidade suportado por valores culturais.

. as empresas locais e instituições regionais passaram a ter a promoção cultural como um elemento também preponderante de parceria no desenvolvimento regional, pelo facto de Tondela ser também já identificável nacional e internacionalmente pela dinâmica artística da ACERT.

. o crescente evoluir dos índices de público a frequentar os espectáculos e a implementação de programas formativos dirigidos a vários sectores: educadores, pais, animadores culturais, grupos de amadores e sectores profissionais específicos.

. a relevância de existirem em Tondela dois estabelecimentos de ensino com áreas de ensino artístico implicando o desenvolvimento de planos de actuação específicos na ACERT para estágios e formação contínua, em protocolos de colaboração com as Escolas.

. a articulação com inúmeras associações culturais distritais na descentralização de programação, serviços, meios e formação.

. a cooperação com outros estabelecimentos de ensino artístico e de ensino superior regionais e nacionais, para facultar estágios e módulos de formação, em exercício, específicos (Chapitô, Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo, Escola Profissional de Torredeita, Escola Superior de Educação de Viseu, Escola Viriato, Universidade de Aveiro, etc).

. a resposta a instituições ligadas ao desenvolvimento local e comunitário, na criação de projectos específicos de animação cultural em torno de campanhas, produtos e sensibilização social.

» voltar ao topo




Nacional
"itinerância e captação de públicos"

A implantação da ACERT, em termos nacionais, é resultante de dois factores endógenos que caracterizam a sua filosofia de intervenção cultural e artística:

1º - As características de identidade do NOVO CICLO ACERT, enquanto espaço de residência, produção e apresentação: . Promove uma programação de qualidade das produções nacionais que, nas várias áreas artísticas, já têm o espaço como referência, em termos de eficácia de produção, de qualidade no acolhimento e de captação de audiências.

. Cria acontecimentos artísticos de nível internacional, susceptíveis de atrair públicos nacionais que favoreçam a visibilidade pública do projecto (Festivais, estreias, co-produções).

. Implementa dinâmicas de produção de acontecimentos próprios que, pela sua identidade e inovação, salientem a singularidade da função do espaço, em termos de produção.

. Projecta a experiência de filosofia de actuação no universo nacional, de forma a permitir que outras localidades do interior optem pela criação de projectos que, com identidade específica, se enquadrem num quadro de cooperação cultural inter-regional.

. Impulsiona o crescimento do quadro de sinergias entre criadores (Trigo Limpo teatro ACERT) e equipas de programação, técnicas e de gestão, no sentido de prolonge dramaturgia em produções específicas do TRIGO LIMPO teatro ACERT
- Circulação de espectáculos em Portugal e Galiza (da ACERT e criadores galegos)
- Parceria com organizações culturais galegas em programas de intercâmbio internacionais

» voltar ao topo

Pesquisar



Calendario
Mes Anterior Agosto 2017 Proximo Mes
S T Q Q S S D
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      



Newsletter
Receba as últimas novidades da ACERT no seu email


Noticias

2015-11-12
» ASSEMBLEIA GERAL



Edicoes
ver todas