ACERT INDEX Novo Ciclo Programacao Novo Ciclo Teatro Trigo Limpo Basquetebol Escalada Outros Projectos Formacao
novociclo
voltar a página anterior voltar à página anterior
"Cantos da Língua" vão ser Livro/CD e espectáculo no dia 9 de Dezembro
"Cantos da Língua" vão ser Livro/CD e espectáculo no dia 9 de Dezembro


Dia 9 de Dezembro, 18h.

Após a estreia do espectáculo em Março, o público vai saborear em cada canto, as palavras e as músicas de uma língua
Esta edição enforma um trabalho que, embora não distanciado da sua natureza artística primordial, assume contornos de um desafio criativo mais louco e exigente.
Uma obra discográfica apaladada por um repertório cujos originais expõem a convicção em comunicar com a palavra – dita e musicada – feita espectáculo. A edição do CD contou com a participação fraterna de músicos do nosso encantamento. Contámos com os preciosos afectos de dois talentos da música portuguesa da actualidade, Amélia Muge e José Martins.
Leve para casa sinais da palavra dita e musicada com a marca da ACERT, presenteando, neste Natal com música portuguesa, os seus amigos e familiares.
Um espectáculo que promete no dia de celebração do 30º aniversário da ACERT. Reserve antecipadamente o seu lugar (entrada exclusiva para sócios, convidados e amigos que se escrevem no jantar de aniversário). Faça-o telefonando, mandando mail ou fax ou directamente na ACERT até às 18h. do dia 4 de Dezembro.

Com: Carlos Peninha, José Rui Martins, Lydia Pinho, Mariana Abrunheiro e Miguel Cardoso.


______________
2006-12-01
Comentarios
Existem 1 comentários.
Para adicionar um novo comentário, clique aqui.


agostinho da silva | 2006-12-11
EU ESTIVE LÁ !!!
Espectacular !!!
Sei que deveria ter levado a minha amada!!! O nosso Gabriel, ainda só com um ano... lá ficou ela em casa.
Gostei muito... a paixão que eles colocam no que fazem, fez do espect+áculo de Sábado à noite, muito mais que o CD.
Eu fui daqueles que conseguiu comprar o CD, já o ouvi, e gostei muito.
Com trabalho como o que desenvolve o ACERT, se faz este Portugal de contrastes: os que recebem muito e pouco produzem, e os que com muito trabalho, fazem do que amealham, um capital imenso que se multiplica.
À CERTA !!! diz o povo, percebe-se que há muito trabalho e muita paixão, pois há coisas que só as faremos muito apaixonados/loucos, que em estado natural, nunca nos ocorreria.
Sempre em frente !!!
Se fosse obrigatório um homem apaixonar-se por outro... quem não gostaria de ter um Zé Rui em casa?!!!



Pesquisar



Calendario
Mes Anterior Fevereiro 2019 Proximo Mes
S T Q Q S S D
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28      



Newsletter
Receba as últimas novidades da ACERT no seu email


Noticias

2018-09-28
» Assembleia Geral



Edicoes
ver todas